fbpx

O que fazer em Nova York? Confira 6 dicas incríveis

A cidade mais populosa dos Estados Unidos e uma das três de todas as Américas nesse quesito, ao lado de São Paulo e Cidade do México, não deixa a desejar quando o assunto são seus atrativos. Com tamanha grandeza e um gigante número de turistas, o que não faltam são dicas de atividades para fazer em Nova York.

São quase 19 milhões de pessoas vivendo na cidade, em uma área de 17.400 km². Além disso, o destino recebe aproximadamente 50 milhões de turistas todos os anos, vindos de praticamente todos os cantos do planeta.

Além de seus atrativos, a localidade tem uma enorme influência sobre vários outros aspectos, como tecnologia, pesquisa, educação, entretenimento, comércio, economia, moda e arte.

Algumas das pontes, prédios e parques mais famosos do mundo também estão em Nova York.

Seu sistema de metrô, diferentemente da maior parte dos outros ao redor do mundo, foi feito para operar 24 horas por dia, 7 dias por semana.

A seguir, confira 6 dicas do que fazer em Nova York e tenha a certeza de que uma viagem para a cidade é uma experiência incrível.

6 dicas incríveis do que fazer em Nova York

O que mais impressiona na lista que você verá a seguir é a variedade de opções de lazer, que agrada todos os tipos de turistas. Passeios, programas culturais e gastronômicos e a heterogeneidade de bairros marcam Nova York e atraem muitos visitantes.

A partir de agora, conheça melhor os musicais da Broadway, pontos turísticos, parques, restaurantesbares, distritos e os bairros da Big Apple. Para começar, saiba mais sobre os museus da cidade.

1 – Conheça os museus

Em Nova York, é possível encontrar locais que expõem peças de diversos tipos: modernas, contemporâneas, artigos históricos e outros não tão comuns de serem encontrados em museus.

O MetropolitanMuseumofArt começa a lista. É o maior da região e uma das principais atividades para se fazer em Nova York, quando se fala em museus. As peças expostas são da Europa medieval (até armaduras fazem parte do acervo), Egito antigo, arte contemporânea, moda e fotografia, além de outras variedades.

O museu está para Nova York como o Louvre para Paris, tamanha é a sua importância. São 2 milhões de obras de arte no local, de um período de tempo de 5 mil anos.

Os apreciadores de arte moderna não podem deixar de fazer uma visita ao MoMA (MuseumofModernArt). É um dos mais significativos dessa variedade em toda a América do Norte.

Além das peças permanentes, algumas exposições temporárias enriquecem as atrações do museu. Há eventos ocasionais e peças expostas permanentemente.

O Museu Americano de História Natural é excelente para levar crianças, pois suas atrações são interessantíssimas. É também um local perfeito também para adultos. Os visitantes podem encontrar réplicas de dinossauros, animais em ambientes 3D, um panorama da história do planeta e da cultura dos índios.

O Conservatório de Borboletas fica aberto de outubro a maio e traz mais de 500 animais vivos e voando, diferentemente de locais que as expõem empalhadas. No setor de vida oceânica, é possível ter uma noção da evolução do mundo e como surgiram as mais diversas espécies da fauna mundial.

Nos dioramas de mamíferos, os animais são mostrados em seu habitat natural, o que dá a impressão de estar, ao lado deles, nos mais diferentes cantos do planeta.

Ainda há a exploração espacial, que faz o visitante se sentir como se estivesse indo para outros planetas e galáxias.

dica nova york
O Museu Guggenheim chama a atenção por sua arquitetura original. Foto: Lisa Bettany

O Guggenheim pode ser considerado um dos museus mais bonitos do mundo, em função do prédio onde se localiza, que se destaca esteticamente. Suas coleções permanentes incluem a de mesmo nome do museu, com peças do início da era moderna, e a Thannhauser, com acervos particulares de alemães que datam do início do século XX.

Para terminar a lista de museus, o 9/11 Museum, que se dedica aos atentados ocorridos em 11 de setembro de 2001 no World Trade Center. Fica no memorial construído onde ficava os prédios, no subsolo.

Entre as peças apresentadas, estão os pilares originais dos edifícios, cabines telefônicas danificadas, capacetes dos profissionais que trabalharam nos resgates e uma ambulância incendiada.

As exposições mostram como ocorreram os fatos, com fotos e objetos verdadeiros. A exposição memorial traz fotos dos cerca de 3 mil mortos, além de informações fornecidas pela família de cada um deles.

2 – Assista aos musicais da Broadway

dica nova york
A Broadway traz opções variadas de musicais. Foto: Unsplash

A Broadway traz musicais clássicos e famosos em todo o mundo. Isso faz com que o teatro seja um dos pontos mais visitados e uma das principais atividades para se fazer em Nova York.

Alguns dos espetáculos são icônicos, como Chicago e O Fantasma da Ópera. Os musicais da Disney também são muito procurados, como O Rei Leão e Alladin.

Os ingressos para qualquer evento podem ser comprados sem filas, através da internet. Contar com essa facilidade é ótimo, pois tudo pode ser planejado antes da viagem, ainda no Brasil.

Você ainda pode conferir títulos como MoulinRouge, King Kong, Tootsie, Frozen, MyFairLady, entre outros.

3 – Visite os principais pontos turísticos da cidade

Além das atividades específicas para fazer em Nova York, a cidade ainda conta com pontos turísticos que valem a visita.

O primeiro deles é o EmpireStateBuilding, um dos prédios mais altos e famosos do mundo. A vista que se tem da cidade ao visitar os últimos andares é espetacular.

dica nova york
O EmpireStateBuilding é um dos edifícios mais tradicionais de Nova York. Foto: Jeffrey

Alguns dias, devido às condições climáticas, oferecem uma vista melhor e mais bonita do que outros. Vale destacar também que o prédio recebe os visitantes também à noite. Por isso, visitá-lo duas vezes, em diferentes partes do dia, torna a experiência mais completa.

Um dos passeios oferecidos é ver o nascer do sol do edifício, antes da abertura do local para o público.

O One World Observatory possibilita uma vista de 360 graus de Nova York. O local também é conhecido como FreedomTower e é o prédio mais alto do ocidente. Estar lá é se sentir literalmente no topo do mundo.

Seus elevadores são rápidos e o percurso até o andar mais alto dura menos de um minuto. Enquanto os visitantes se dirigem até o topo, podem assistir um vídeo que mostra a história da cidade.

A Times Square não poderia faltar nessa relação. Independentemente do horário, sempre haverá pessoas do mundo inteiro e carros transitando. O lugar tem diversas lojas famosas, como a Forever 21, Disney, M&M’s e Macy’s.

Alguns dos restaurantes mais famosos da cidade também estão na região, como o Hard Rock Café e o OliveGardens.

Um dos principais eventos ocorridos na TimesSquare é certamente o Ano Novo, com a queda da bola. Uma multidão de moradores locais e turistas enfrenta o rigoroso inverno da cidade e espera a chegada do novo ano.

A Ponte do Brooklyn liga o bairro de mesmo nome à Manhattan. Como utilitária, é usada por moradores que trabalham do outro lado de uma das ilhas mais famosas do mundo. Mas a ponte também é um ponto turístico, pela sua grandiosidade e iluminação.

Quando foi construída, era a maior ponte do mundo. A travessia pode ser feita tanto a pé quando de bicicleta, pelas ciclofaixas.

A rua WallStreet é famosa no mundo todo e é o centro financeiro mais importante, pois lá está a Bolsa de Valores de Nova York. O local ainda tem um touro de cobre, um ponto que se tornou obrigatório para tirar fotos. Geralmente, as pessoas posam encostadas a ele, como uma maneira de trazer sorte.

Vá aos principais parques

Os parques são alternativas interessantes de programas para fazer em Nova York. Eles são um oásis no meio da agitação natural de qualquer grande cidade. No meio dessa área verde, os visitantes podem lanchar, caminhar ou simplesmente observar a paisagem.

Para começar, o Central Park é certamente o mais famoso deles. Muitos habitantes da cidade aproveitam a imensa área verde para ter um momento de calmaria, depois de um dia agitado e de tantos compromissos.

dica nova york
O Central Park pode ser considerado um dos principais programas para se fazer em Nova York. Foto: Jody Jones

Já o Washington Square Park tem inúmeras utilidades. Além de relaxar e se exercitar como em qualquer parque, a região conta com uma boa infraestrutura: em qualquer direção, ao andar um quarteirão, há lojas, cafés, boates e teatros. Logo, pessoas de diversos perfis se encontram no local.

O BrooklynBridge Park tem uma das melhores vistas da cidade e é ideal para boas fotos. Embaixo da BrooklynBridge, o local conta com parquinhos infantis onde as crianças podem permanecer com tal segurança. A piscina Pop-Up Pool é ideal para o verão.

Localizado na FifthAvenue, o Madison Square Park também tem uma área exclusiva para os pequenos, além de atividades pensadas para este público nos meses mais quentes do ano. O parque também abriga exposições temporárias de obras de arte e locais para comer um bom hambúrguer e milkshake.

O Battery Park já foi porta de entrada de Nova York, antes de Ellis Island. Do parque, é possível ver a Estátua da Liberdade. É palco de festivais, como o MidSummer Festival, e possui muitas espécies de flores. Muitas excursões por Manhattan são iniciadas por ele.

Coma em restaurantes e bares

Como uma cidade cosmopolita e cheia de atividades para fazer, Nova York também tem excelentes locais para comer.

O AtriumDumbo, por exemplo, oferece aperitivos e drinks, o que é ideal para um happyhour. As bruschettas de creamcheese e salmão cru também chamam a atenção dos frequentadores, assim como o suco de maracujá e mel. Fica no Brooklyn.

O ChelseaMarket, como o nome diz, fica em Chelsea e é mais abrangente, abrigando restaurantes, confeitarias e padarias. Logo, é possível encontrar praticamente de tudo no local. Uma dica para fazer um bom passeio é chegar cedo, pois os estabelecimentos costumam encher rapidamente.

O ShakeShack é um lugar tipicamente americano. Trata-se de uma franquia que está presente em praticamente todos os cantos da cidade. Você pode saborear o hot dog com bluecheese e o suco de limão com outras frutas, como manga e limão.

dica nova york
O ShakeShack tem várias unidades pela cidade. Foto: Jeepers Media

O Carnegie Deli fica na TimesSquare e se destaca pela tradição. O sanduíche de pastramié um dos principais pratos e costuma ter bastante recheio.

Para completar a lista, o TrufaRestaurant está no Harlem. É compacto, mas bastante acolhedor. Seu cardápio tem frutos do mar e peixes, sem contar as sobremesas (os bolos são os destaques).

6 – Visite os distritos e bairros

A cidade tem cinco distritos: Manhattan, Brooklyn, Queens, TheBronx e StatenIsland. Conheça-os melhor a partir de agora.

O mais populoso deles é o Brooklyn, com mais de 2,5 milhões de habitantes. Sua população é bastante mista, com judeus, latinos e pessoas de outras nacionalidades. Quanto aos passeios, vale a pena conferir o BrooklynMuseum, o BotanicGarden, o Children’s e o TransitMuseum, além do Sunset Park.

O Bronx tem bairros originais, como a LittleItaly, que, como o nome diz, tem traços italianos, o GrandConcourse e o Camp Apache, que nos anos 70 tinha altos índices de criminalidade. Dentre os pontos de visitação, estão o YankeeStadium, o Bay Plaza Shopping Center, o New York BotanicalGarden e o TheBronx Zoo.

O Queens tem mais de 2 milhões de habitantes e lá está a Chinatown, onde se concentram os chineses que moram na região. O MoMA também fica no distrito, bem como o Corona Park.

O StatenIsland não é muito focado em turismo, mas tem uma vista maravilhosa de Manhattan. Como não é um local muito populoso, tem uma grande área verde.

dica nova york
Manhattan é o distrito mais tradicional da cidade. Foto: Visual Hunt

Manhattan é o mais antigo dos distritos da cidade e tem uma população de mais de 1,5 milhão de pessoas. Os principais pontos turísticos de Nova York estão no distrito, como o EmpireState, a WallStreet, o Central Park e outros.

Agora que você já sabe o que fazer em Nova York, planeje sua viagem. Leia outros textos para ter mais informações sobre a cidade e comente em caso de dúvidas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Insira seus dados abaixo para falar com um de nossos consultores pelo WhatsApp